Glúten Passa pelo Leite Materno? Descubra!

0

 

O leite materno é comprovadamente o melhor alimento para o recém nascido, pois é ele que vai alimentá-lo e ajudar a fortalecer o sistema imunológico, além de estreitar os laços entre mãe e filho.

Deve ser alimento exclusivo até os seis primeiros meses e depois, juntamente com outros alimentos, a mãe pode amamentar o seu filho até os dois anos ou mais, trazendo excelentes resultados para a saúde de ambos.

Glúten passa pelo leite materno
Glúten passa pelo leite materno. Imagem:divulgação

No caso da doença celíaca, temos algumas particularidades quando o assunto é a amamentação e vamos tratar dessas questões logo abaixo.

Acesse e saiba mais informações: Quem tem doença celíaca pode engravidar?

O que é a doença celíaca?

É uma doença autoimune que se caracteriza pela intolerância ao glúten. Pode surgir em qualquer idade, até mesmo na fase adulta, porém o mais comum é que comece entre um e três anos de idade.

É importante salientar que não é uma alergia ou uma intolerância alimentar, é uma doença autoimune onde o organismo acaba criando anticorpos contra o glúten e se o mesmo entra no organismo é encarado como algo nocivo. A partir daí os anticorpos levam a uma inflamação que se desenvolve no revestimento do intestino delgado.

Só será considerada doença, caso a intolerância ao glúten seja recorrente e não esporádica. Fique atento ao seu filho e expresse tudo o que acontece ao médico. Ainda não se sabe ao certo o porque essa doença atinge bebês.

Glúten passa pelo leite materno
Glúten passa pelo leite materno. Imagem:divulgação

Quando um intolerante ingere alimentos automaticamente o organismo reage com uma inflamação, provocando uma atrofia das vilosidades do intestino delgado que seriam responsáveis por ajudar na absorção dos alimentos, fazem o efeito contrário evitando que eles cheguem à corrente sanguínea.

Por isso bebês celíacos podem apresentar desnutrição, déficit de crescimento, diarreia crônica, vômitos, dor abdominal, barriga inchada, falta de apetite, vômitos, emagrecimento, apatia, além de irritabilidade, prisão de ventre, fadiga, anemia resistente a ferroterapia, manchas na pele, baixo aumento de peso e de altura.

É uma doença genética, portanto se você possui, há chance do seu filho ter também. Quando a criança nascer e apresentar algum sintoma, é interessante fazer exame de sangue e uma biopsia do intestino delgado para comprovar ou não a celíaca.

Acesse e saiba mais informações: 13 cardápios sem glúten

O glúten passa pelo leite materno?

Em um primeiro momento, a mulher pode manter a sua dieta sem restrições de grupos alimentares, porém sabemos que tudo o que a mãe consome, desde alimentos, medicamentos, drogas e toxinas passam para o bebê através do leite materno.

Se o bebê tiver algum problema de intolerância, a mãe terá de se adaptar para evitar que ele receba através do leite e tenha reações adversas.

Glúten passa pelo leite materno
Glúten passa pelo leite materno. Imagem:divulgação

Se a mãe tem uma dieta com alimentos que contém glúten, o leite materno automaticamente vai conter glúten. O ideal é que o bebê tenha contato com o glúten dos quatro aos sete meses para evitar que ele desenvolva a doença futuramente, pois esse contato é que vai fazer com que ele desenvolva uma resposta imunitária normal ao glúten pelo resto da vida.

Acesse e saiba mais informações: O que significa Anticorpo Antiendomísio?

Se o bebê tem a doença celíaca, o que fazer?

Caso seja diagnosticado que ainda recém nascido o bebê tenha a doença, é necessário que a mãe faça uma dieta ingerindo apenas alimentos sem glúten para poder amamentar o filho.

Sendo assim ela poderá alimentá-lo no peito pelo tempo normal como qualquer outra mãe. Nos primeiros meses apenas essa fonte de alimentação e após isso, mesclar com outros alimentos que a criança possa comer.

Glúten passa pelo leite materno
Glúten passa pelo leite materno. Imagem:divulgação

A única forma de tratar a doença celíaca é cortar todo e qualquer alimento que contenha o glúten, como trigo, centeio, aveia, cevada, malte, queijos, patês, salsichas, salame, carnes à milanesa, pães, maionese, ketchup, mostarda, pizzas, bolos, bolachas e massas em geral e até mesmo bebidas alcóolicas, nem as use para cozinhar. Na dúvida sobre um produto, evite a ingestão.

Recomendados para você:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here